sábado, 8 de janeiro de 2011

SE

SE

Se meus carinhos nunca atingirem
o ápice dos teus desejos...
Se minha voz nunca ultrapassar a
sutileza dos teus encantos...
Se meu amor nunca for capaz de
penetrar tua alma nobre...
Os carinhos terão sido apenas
movimentos rítmicos...Minha voz
um som sem melodia...E o amor
uma gaivota que jamais atingiu o
seu intinerário...

Nenhum comentário:

Postar um comentário